14

A promessa de um pai



      Um pai havia prometido levar seus filhos pequenos a um circo. As crianças estavam eufóricas, aguardando que a tarde chegasse logo. Mas durante o almoço, o pai recebeu um telefonema : um negócio urgente para resolver no centro da cidade. As crianças já se preparavam para a frustração, quando ouviram seu pai dizer:
     - Não, eu não irei. Eles terão que esperar. Prometi levar meus filhos ao circo hoje.
      Quando ele voltou para a mesa, o filho mais velho disse sorrindo:
       - Mamãe pensou que você iria para o trabalho e tentou nos consolar dizendo que o circo sempre voltava.
        O pai respondeu:
       - Sabe que ela tem razão? O circo sempre volta mesmo..., mas a infância não.
        A mãe completou:
         - E você fez a escolha certa. 
         - É mesmo - disse a  filha mais nova - você escolheu a gente.


                 Adaptação de uma história contada por Arthur Gordon
                        
     
            

14 comentários:

Prof. Maria Regina disse...

Angela minha amiga como vc está?Que lindo esse post como a vida nesse planeta seria melhor muito melhor se todos pensassem como esse pai a família seria mais respeitada por todos!
Beijinhos querida e um final de semana na paz junto com sua linda família!

Tunin disse...

Esse é o verdadeiro pai. Sábio. Valoriza a família. Hoje tão raro nestes dias pós-modernos onde a correria é pelo ter.
Excelente história! Boa para se aplicar em sala de aula.
Abração.

edumanes disse...

Se todos procedessem assim
Haveriam mais crianças a sorrir
Como as flores no campo ou no jardim
Na primavera tão lindas a florir!

As crianças compreenderam
Que o circo sempre voltava
Ficaram contentes e agradeceram
E seu pai à promessa não faltava!

Esta história é muito interessante.

Bom fim de semana para você,
amima Ângela, um abraço
Eduardo.

Simonha disse...

Hoje é aniversário de 12 anos do meu filho e sei da importância de estar com ele... Temos outros deveres, mas a família não pode ficar para depois, muito menos a infância...
Abraço!
http://www.educacaoinfantilnaescola.blogspot.com.br/

Pati Alves disse...

Quando nos tornamos pais e mães devemos ter a consciencia de que nossos filhos são nossas prioridades. Bom seria se todos os pais tratassem os filhos com preferencia, não dando td e permitindo td, mas sim ensinando, educando principalmente através da sua presença que se faz muito necessária. Q mundo especial teremos quando toda criança for a preferencia de seu pai e mãe.

Renata Diniz disse...

Angela! A infância passa num piscar de olhos. Por isso é preciso priorizá-la. Beijos e linda semana!

Gabriel Pio disse...

Que legal, eu gostei muito.
Beijos e abraços mamaãe
Gabriel

Arione Torres disse...

Oi Angela, linda história, adorei!
Tenha uma linda semana, bjs.

Anônimo disse...

Olá Angela... Adroei seu blog, vou entrar sempre e vou indicar para minha irmã.

parabéns

Angela Rocha

António Jesus Batalha disse...

Meu nome é António Batalha, estive a ver e ler algumas coisas de seu blog, achei-o muito bom, e espero vir aqui mais vezes. Meu desejo é que continue a fazer o seu melhor, dando-nos boas mensagens.
Tenho um blog Peregrino e servo, se desejar visitar ia deixar-me muito honrado.
Ps. Se desejar seguir meu blog será uma honra ter voce entre meus amigos virtuais, decerto irei retribuir com muito prazer. Siga de forma que possa dar com seu blog.
Deixo a minha benção e a paz de Jesus.

Amara Mourige disse...

Angela, que linda essa história!Seria muito bom que todos os pais pensassem
como esse pai com certeza teríamos crianças mais felizes!
bjs
Amara

Terezinha Guimarães disse...

QUE LINDO, ME EMOCIONEI, A FAMÍLIA É A MELHOR PARTE...
ABRAÇOS

Joao disse...

aconteceu pareicdo comigo e meu pai
beijoa

Gisis disse...

FAMÍLIA É TUDO DE BOM...ADOREI! BEIJOCAS Gisis